John McAfee se oferece para descriptografar iPhone para o FBI

Criador do antivírus McAfee deixou claro que tem a melhor equipe do mundo e é sim possível descriptografar o iPhone


Na última terça-feira, a justiça dos Estados Unidos emitiu um mandado que obriga a Apple a criar uma ferramenta para hackear o iOS. Diante da decisão, Tim Cook, CEO da empresa, criticou o órgão e afirmou que não fará isso.

"O governo quer que nós removamos funcionalidades de segurança e adicionemos novas capacidades ao sistema operacional, permitindo que um código de acesso seja implantado eletronicamente. Isso tornaria mais fácil desbloquear um iPhone por "força bruta", tentando milhares de milhões de combinações com a velocidade de um computador moderno", explicou Cook, afirmando que as implicações podem ser "arrepiantes". "O governo sugere que esta ferramenta só pode ser usada uma vez por telefone. Mas isso simplesmente não é verdade. Uma vez criada, a técnica poderia ser usada diversas vezes, em qualquer número de dispositivos. No mundo físico, seria o equivalente a uma chave mestra, capaz de abrir centenas de milhões de fechaduras -de restaurante se bancos a lojas e casas - Nenhuma pessoa razoável acha isso aceitável", criticou.

Diante do impasse, John McAfee, fundador do antivírus McAfee, se ofereceu para resolver o problema, sem que a Apple - que já disse ser incapaz de"abrir" o próprio smartphone - tenha que criar uma ferramenta que coloque em risco os cidadãos do mundo todo. "Com todo o respeito a Tim Cook e à Apple, eu trabalho com uma equipe dos melhores hackers do planeta. Eles são todos os prodígios, com talentos que desafiam a compreensão humana normal. Eu aposto que podemos quebrar a criptografia no telefone [de] San Bernardino. Este é um fato puro e simples", explica.

"Então aqui está a minha oferta para o FBI. Vou, de forma gratuita,descriptografar as informações no telefone San Bernardino, com a minha equipe. Usaremos principalmente a engenharia social, o que levará três semanas. Se vocês aceitarem a minha oferta, então não vão precisar de pedir à Apple para colocar uma porta dos fundos no seu produto, o que será o começo do fim da América", critica McAfee.


Fonte: Olhar Digital

Avalie esta notícia

Segurança iPhone McAfee

Comente esta notícia:

Notícias relacionadas

Tim Cook enfrenta o FBI em defesa da privacidade no iPhone

Segundo o CEO da Apple isso seria criar um "backdoor" que colocaria em risco os dados de seus clientes.

ver mais

Vírus para Android permite que hackers tenham acesso a dados do usuário

Malware para Android se propaga por SMS e não afeta modelos em russo

ver mais